Últimas Notícias
recent

Santana do Acaraú registra 4º tremor de terra em cerca de 1 mês

Um novo tremor de terra de magnitude estimada em 2.7 na escala Richter foi registrado neste domingo (9), em Santana do Acaraú, distante 228 quilômetros de Fortaleza. Este foi o 4º em cerca de um mês na mesma região.
De acordo com o Laboratório Sismológico da Universidade Federal de Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN), dados da estação de Riachuelo, em Rio Grande do Norte, indicaram que o evento aconteceu às 21h. O epicentro, que é o ponto de origem do abalo, foi a leste de Fernando de Noronha.
O gerente do Núcleo de Sismologia da Defesa Civil do Estado, Francisco das Chagas Brandão Melo, afirmou que abalos sísmicos na cidade não são raros e se devem a falhas geológicas naquela região. “Anos atrás ocorreu uma série de tremores nessa ordem de grandeza. É uma área sísmica ativa”, comenta.

Proteção
De acordo com o levantamento inicial da Defesa Civil, o tremor registrado neste domingo em Santana do Acaraú não causou danos, diferente de um dos últimos, que chegou a derrubar um muro de uma residência. “Não se pode dizer que os danos foram provocados somente pelo abalo, pois estava chovendo muito na região, além da residência já ter apresentado rachaduras. Sorte que ninguém ficou ferido”, lembra. 
Para evitar maiores problemas, Francisco Brandão pede que as pessoas que sentirem tremores de terra não se apavore. “A medida inicial é, se estiver dentro de casa, buscar ficar debaixo de uma mesa, por exemplo, pois evitará ser atingido por uma telha, por exemplo. Mas a principal recomendação é procurar uma área livre de desabamentos”, recomenda.

Registros recentes
Apesar da sequência de tremores, a Defesa Civil explica que os abalos são imprevisíveis e não teriam relações com as fortes chuvas, por exemplo. O gerente do Núcleo de Sismologia afirma que moradores das regiões que costumeiramente registram tremores devem ficar em alerta.
No início do mês de março, três outros terremotos já haviam sido registrados na mesma região. Na manhã do dia 6 daquele mês, a terra tremeu nos distritos de Parapuí, a 18 quilômetros da cidade, e no assentamento Lagoa do Serrote, distrito de Barro Preto, a 16Km da zona urbana. Um outro já havia sido registrado no dia anterior.
Naquela ocasião, os registros dos maiores eventos foram observados pela estação de Cascavel e teve magnitude preliminar estimada em 2.6. O Ceará conta com dois aparelhos instalados em Morrinhos e Sobral, para captar a propagação das ondas sísmicas, na região Norte; mas foi no sismógrafo de Cascavel, que o registro foi feito.

Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Reriutaba Notícias.com - Direitos reservados. Tecnologia do Blogger.